Geral

Banco de Textos do GEAC volta ao ar!

O Grupo de Estudos em Antropologia Crítica inaugura as atividades de 2013 disponibilizando seu novo Banco de Textos online, que já pode ser acessado através do seguinte endereço: http://antropologiadeoutraforma.wordpress.com/

Neste banco nossos visitantes podem acessar todo o material bibliográfico que vem orientando os debates do GEAC desde o ano de 2012. Os textos contemplam mais de um ano de reflexões coletivas em torno dos seguintes eixos temáticos: 1) Classe, gênero, raça e papel social d@ antropólog@ (2012); 2) Epistemologias do Sul e os paradigmas eurocentrados (2012); 3) Projeto “cartografias da dissidência” – em busca de antropologias de outra forma (2013). O material relacionado com este último tópico ainda está sendo compilado pelos membros do GEAC e da RAC. A previsão é que seja disponibilizado em sua totalidade nas próximas semanas.

Além da bibliografia diretamente associada ao programa geral de discussões do GEAC, o Banco de Textos também dá acesso ao Arquivo Aníbal Quijano e à uma compilação de artigos de revistas especializadas. O Arquivo Aníbal Quijano  consiste numa modesta seleção de textos deste sociólogo peruano cuja obra é referente essencial no contexto da inflexão descolonial. Já a Compilação de Revistas reúne publicações que dialogam com as preocupações teórico-políticas mais amplas da Rede de Antropologia Crítica. Esta seção inclui artigos recentes em periódicos estadunidenses cujo acesso costuma ficar restringido ao público acadêmico.

O Grupo de Estudos em Antropologia Crítica é um coletivo independente que atua na criação de espaços de auto-formação e invenção teórico-metodológica. Constituído em 2011, o GEAC se propõe, basicamente, a praticar “marxismos com antropologias”. Isto significa desenvolver meios para refletir, de maneira situada, sobre os devires radicais da conflitividade social contemporânea. Delirada pelo marxismo, a antropologia se transforma, para o GEAC, numa prática de pesquisa e acompanhamento político das alteridades rebeldes que transbordam e transgridem a pretensão totalitária do modo de produção vigente e da sua parafernália institucional.

0 comments on “Banco de Textos do GEAC volta ao ar!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: